Pagina Principal Artigos IJSN lança a primeira matriz econômica do Espírito Santo

IJSN lança a primeira matriz econômica do Espírito Santo

 

A Matriz Insumo-Produto e a Tabela de Recursos e Usos permitem análises detalhadas da estrutura econômica capixaba, como a identificação de potencialidades e gargalosfoto Apresentacao MIP e TRU

O Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) lançou nesta quarta-feira (10), em evento on-line, as primeiras Tabela de Recursos e Usos (TRU) e Matriz Insumo-Produto (MIP) do Estado do Espírito Santo. As ferramentas são pioneiras no Espírito Santo e permitem análises das atividades econômicas estaduais pelas óticas da oferta, renda e demanda, além da identificação de potencialidades e gargalos, contribuindo com o planejamento e desenvolvimento econômico do Estado.  

As publicações abrangem milhares de dados provenientes das mais variadas fontes que foram classificados, tratados, ajustados e tabulados, resultando em uma TRU agregada em 81 produtos e 35 atividades, e uma MIP agregada em 35 atividades.

Até então, as informações econômicas do Estado, calculadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o IJSN, têm divulgação restrita a 18 atividades, sendo estas somente pelas óticas da produção e da renda.

Apenas nove estados brasileiros contam com suas Matrizes Insumo-Produto, e dez com suas TRUs. Entretanto, as ferramentas lançadas pelo IJSN contam com dados e coeficientes mais atualizados do Brasil, com ano base em 2015. Nas publicações das demais UF’s, o ano de referência mais atual é 2013.

O diretor-presidente do IJSN, Pablo Lira, parabenizou o trabalho dos técnicos do instituto e ressaltou que as ferramentas “possuem alto valor agregado”. “Teríamos um custo muito elevado para a contratação externa de um produto como este. E nossos especialistas em estudos e pesquisas, no âmbito da Coordenação de Estudos Econômicos, conseguiram garantir estas entregas, tão relevantes para a análise da economia capixaba. Foram anos de preparação de bases de dados, cursos e aprimoramento de métodos, num trabalho incansável dos nossos técnicos e parceiros, e hoje temos uma metodologia robusta, que nos permite entregar esses produtos inovadores”, pontuou.

Ele destacou ainda contribuições como do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES) e da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Aplicações

Entre as novas possibilidades criadas com a Tabela de Recursos e Usos (TRU) e a Matriz Insumo-Produto (MIP) do Estado do Espírito Santo estão a desagregação dos setores que compõem o Produto Interno Bruto (PIB).

“Com a ferramenta é possível identificar a participação dos setores no PIB estadual, o valor que cada atividade agregou ao total da produção no Estado. Ou seja, quanto cada atividade contribuiu para o PIB capixaba”, explicou a especialista do IJSN, mestre em Economia e coordenadora do projeto, Edna Morais Tresinari.

“A Matriz nos permite ainda identificar a relação de interdependência entre os setores e atividades da economia. Fazendo a correlação das informações desagregadas, podemos apontar não apenas quanto cada atividade produziu, mas também quanto cada atividade consumiu de outras atividades”, completou.

Essas correlações são possíveis por meio do cálculo dos chamados “multiplicadores”.  A publicação do IJSN apresenta o multiplicador de rendimento do fator trabalho e o multiplicador de remuneração do trabalho, ambos por atividade produtiva.

“Significa que, dada uma variação (aumento ou redução) na demanda final de um setor, conseguimos estimar o impacto dessa variação no número de pessoas ocupadas e na renda do trabalho dos setores”, afirmou a coordenadora do projeto.

O coordenador de Estudos Econômicos do IJSN, Antônio Ricardo Freislebem da Rocha, ressaltou ainda a identificação dos setores-chave da economia (aqueles que têm encadeamento maior com as demais atividades e, por consequência, provocam mais impacto na economia) do Estado por meio do uso da MIP. “Até então sabíamos quais eram os setores mais importantes, mas agora conseguimos quantificar o peso desses setores e quanto uma variação – positiva ou negativa – de um setor impacta nos demais setores que se relacionam com o analisado”.

Em um primeiro exercício, as aplicações foram feitas sobre o PIB capixaba de 2015 – ano base da TRU e MIP lançadas pelo IJSN. Confira alguns resultados na apresentação realizada nesta quarta-feira (10)

Outra aplicação da ferramenta será a avaliação do impacto da pandemia do novo Coronavírus (Covid19) na economia do Estado. “Nos próximos meses vamos conseguir realizar algumas análises para identificarmos os desdobramentos da pandemia da Covid 19 em alguns setores da estrutura econômica capixaba”, destacou o diretor-presidente do IJSN, Pablo Lira.

O que é TRU e MIP?

A Tabela de Recursos e Usos (TRU) é uma representação das operações econômicas de um país ou região na qual são apresentados os principais agregados macroeconômicos, desde a perspectiva da produção, da geração de renda e das despesas realizadas na economia, todas estas desagregados por atividades econômicas e produtos (bens e serviços).

Conforme definição do IBGE, o principal objetivo da TRU é a análise dos fluxos de bens e serviços e dos aspectos básicos do processo de produção por meio das estruturas de insumos e de produção de produtos por atividade e a geração da renda.

Construída a partir da TRU, a Matriz Insumo-Produto é uma ferramenta de análise da estrutura econômica (oferta e demanda) de forma desagregada, que mostra a intensidade da interdependência entre atividades produtivas em relação aos insumos e produtos e a relação destas atividades com a demanda final.

A MIP mostra as relações intersetoriais da economia, o quanto cada atividade consome da produção das demais atividades e permite verificar a dependência de cada atividade em relação as demais. Esse sistema de dados consiste em uma matriz quadrada que apresenta ao longo de suas linhas e colunas os fluxos de insumos e produtos entre os principais setores de atividade da economia.

Assista a íntegra da transmissão

Inscreva-se no Canal do IJSN no YouTube

Acesse a Tabela de Recursos e Usos (TRU) e Matriz Insumo-Produto (MIP) do Estado do Espírito Santo

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do IJSN
Larissa Linhalis
(27) 3636-8066 / 99892-5291
comunicacao@ijsn.es.gov.br