Conselho Regional de Desenvolvimento é implantado na microrregião sudoeste serrana

Conselho Sudoeste Serrana

Foi instituído, nesta sexta-feira (28), o Conselho Regional de Desenvolvimento da Microrregião Sudoeste Serrana. O quarto conselho, que integra parte das ações do Plano de Desenvolvimento Regional, terá como presidente o prefeito de Conceição do Castelo, Christiano Spadetto. O prefeito de Laranja da Terra, Josafa Storch, responderá como vice. O evento foi realizado no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) – Campus Venda Nova do Imigrante.

Para o coordenador executivo do Plano, o subsecretário de Desenvolvimento, Paulo Menegueli, a união de forças das diferentes entidades são fundamentais para a concretização das ações realizadas pelo conselho.

Venda Nova Paulo

“Os conselhos são fundamentais para a definição das ações que serão executadas em cada uma das microrregiões capixabas. Por isso, além do envolvimento do poder público, é fundamental que a população e as diferentes instituições, tanto públicas quanto privadas, se envolvam nas discussões e nos ajudem a traçar a metas que vão potencializar o desenvolvimento regional”, destaca.

Para o secretário de Planejamento, Álvaro Duboc, as ações executadas por meio do conselho serão fundamentais para melhoria dos serviços oferecidos à população.

“Nosso Governo quer estimular desenvolvimento do Espírito Santo a partir dos desafios, oportunidades e potencialidades de cada uma das dez microrregiões do Estado. Criar um ambiente de articulação de interesses do Poder Público local, do setor produtivo, da academia e da sociedade civil dos municípios, com o Poder Executivo Estadual. Dessa forma, queremos, além de potencializar o desenvolvimento local, melhorar também a qualidade dos serviços públicos oferecidos em cada microrregião”, afirmou.

 Venda Nova LP

O diretor presidente do Instituto Jones Santos Neves, Luiz Paulo Vellozo Lucas, além de apresentar a metodologia do Plano, ressaltou as potencialidades que poderão impulsionar o desenvolvimento da microrregião.

"Esta região é pioneira no Estado no sentido de consolidar as vocações locais ambientais, agrícolas e, em especial, turísticas. Essa é a espinha dorsal da economia verde e da economia criativa. Essa realidade já se reflete nos indicadores econômicos e sociais daqui. O desenvolvimento desta região passa necessariamente pelo aproveitamento desses ativos, a exemplo do interior dos países europeus, que ostentam graus elevadíssimos de qualidade de vida, proporcionando bem-estar para suas populações".

Integram o Conselho Regional de Desenvolvimento da microrregião Sudoeste Serrana os seguintes municípios: Afonso Cláudio, Brejetuba, Conceição do castelo, Domingos Martins, Laranja da Terra, Marechal Floriano e Venda Nova do Imigrante. O conselho é composto por representantes das prefeituras, do Poder Legislativo, do setor produtivo, das entidades locais e das organizações da sociedade civil.

Na Grande Vitória, as ações serão realizadas pelo Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória (Comdevit), que reúne os sete municípios que compõem a região – Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Viana, Guarapari e Fundão.

Ao todo, nove conselhos serão instalados até o mês de setembro. No mês de maio, dois conselhos foram instalados, contemplando as microrregiões central e litoral sul. A próxima microrregião que receberá a instalação do conselho será a central serrana. O evento será realizado no dia 05 de julho, às 09h30, na Casa de Cultura de Santa Teresa.

Plano Regional de Desenvolvimento

O Plano Regional de Desenvolvimento foi lançado pelo Governo do Estado no dia 10 de abril, em Cachoeiro de Itapemirim. O coordenador executivo do Plano, o subsecretário Paulo Menegueli, explica que o objetivo dos conselhos é criar um ambiente de articulação e integração de interesses das microrregiões a partir das vocações, desafios e oportunidades identificadas para cada área e buscar o desenvolvimento regional integrado de forma equilibrada e sustentável.

Além da Secretaria de Estado de Desenvolvimento (Sedes), fazem parte do comitê gestor do Plano, a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), a Secretaria de Economia e Planejamento (SEP) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN).

A política de desenvolvimento regional terá como diretriz o equilíbrio do desenvolvimento em todo Estado, buscando potencializar os arranjos produtivos existentes e gerar novas oportunidades. A ação de governo se orientará pela busca do equilíbrio e contemplará ações bem estruturadas, focadas na busca de investidores capazes de consolidar ou adensar cadeias produtivas já existentes.

 

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedes/Aderes/Ipem
Andreia Foeger
(27) 3636.9707 - 99942-9537
andreia.foeger@sedes.es.gov.br
Cintia Dias
(27) 3636.9708 - 99234-1291

Assessoria de Comunicação da SEP
Claudia Feliz
(27) 3636-4258 / 99507.4071
claudia.feliz@planejamento.es.gov.br

Assessoria de Comunicação do IJSN
Larissa Linhalis
(27) 3636-8066 / (27) 99892-5291
comunicacao@ijsn.es.gov.br

Fotos: Prefeitura de Venda Nova do Imigrante