Secretário e embaixador da Tailândia discutem relações comerciais

Alvaro embaixador 2

Para ampliar as oportunidades de negócios entre a Tailândia e o setor produtivo do Espírito Santo, o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, recebeu nesta quarta-feira (16), no gabinete da SEP, o embaixador tailandês no Brasil, Surasak Suparat. Também participaram da reunião o subsecretário de Desenvolvimento, Adilson Oliveira Silva, e o diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Luiz Paulo Vellozo Lucas.

Após o encontro na SEP, o embaixador reiuniu-se com o governador Renato Casagrande, no Palácio Anchieta. Segundo o governador, o Estado fará o levantamento de possibilidades de projetos a serem enviados à Embaixada da Tailândia, que fica em Brasília. “O embaixador se mostrou muito disposto a ajudar o Estado em diversas áreas, uma delas o Turismo. Vamos fazer um levantamento de possibilidade de projetos, enviar à Embaixada, que repassará a investidores tailandeses", disse Casagrande.

O Espírito Santo exporta produtos como maquinário, sal, cimento, enxofre, alumínio e granito para a Tailândia. E importa daquele país asiático máquinas elétricas, borracha e fibras sintéticas. Tanto para o secretário Álvaro Duboc, quanto para o embaixador Suparat, que esteva na SEP acompanhado de sua comitiva, a aproximação entre os dois governos pode contribuir para potencializar a relação comercial já existente entre uma das maiores economias do Sudeste asiático e o Espírito Santo.

O embaixador disse que o objetivo da visita é promover maior interação entre as duas regiões, no que se refere às áreas do comércio e do turismo, importante fonte de rendimentos para o seu país, e que a Tailândia venha a exportar mais máquinas e borracha para o Estado. A partir do encontro em Vitória, Suparat acredita que as relações bilaterais serão ampliadas.

A comitiva veio ao Estado para participar do seminário “Roadshow: Brasil e Tailândia”, que acontece na Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes). O evento é organizado pelo CIN – Centro Internacional de Negócios do Espírito Santo.
O embaixador também se colocou à disposição para enviar duas cozinheiras para um curso de culinária, com objetivo de incentivar a abertura de restaurantes de comida tailandesa em solo capixaba.

Casagrande presenteou o embaixador com um livro que conta a história do Palácio Anchieta, e recebeu em troca uma gravata de seda da Tailândia, considerada uma das melhores do mundo. Surasak Suparat também elogiou o café servido que, segundo ele, é “delicioso e muito famoso”.


Surasak Suparat, que já serviu nas missões diplomáticas da Tailândia em Jacarta, Los Angeles, Phnom Penh e Pretória, assumiu o cargo de embaixador do seu país no Brasil em 2017.

 

 

Informações à imprensa:

Claudia Feliz

Assessoria de Comunicação da SEP

claudia.feliz@planejamento.es.gov.br

(27) 3636-4258 / 99507-4071

 

Giovani Pagotto

Assessoria de Comunicação do Governo

(27) 99648-6334