Cadernos da Juventude 07 - O Jovem e o Espaço Público na RMGV

Caderno Juventude 07O caderno da Juventude é uma publicação periódica do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), que tem como objetivo analisar a juventude no estado do Espírito Santo em seus diferentes aspectos e temáticas, gerando conhecimento estratégico e fornecendo subsídios para a formulação e acompanhamento de políticas públicas voltadas para o jovem. O presente Caderno é o sétimo a ser publicado e o segundo a abordar um tema voltado para a interação do jovem com o território, neste caso, o espaço público. O primeiro abordou a mobilidade urbana e o cicloativismo, procurando entender a participação do jovem neste contexto.

Este Caderno está estruturado em sete seções. A primeira seção busca introduzir o tema “espaço público” no contexto da juventude. A metodologia, com os respectivos recursos do geoprocessamento utilizados para análises da distribuição dos jovens e dos equipamentos de esportes e lazer, é descrita na segunda seção. A terceira e a quarta seções fazem uma abordagem teórica conceitual do espaço público a partir da revisitação de alguns autores estudiosos do assunto, sendo que a quarta seção faz uma abordagem mais específica do jovem e sua interação com o espaço público. A quinta seção analisa a distribuição espacial dos equipamentos públicos de esporte e lazer na RMGV em relação à concentração de jovens de 15 a 29 anos, tendo como base o Censo/2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A sexta seção analisa os dados coletados e produzidos no âmbito da Pesquisa de Campo Aplicada no Projeto Ocupação Social, especificamente em relação aos espaços públicos. Por fim, a sétima e última seção apresenta as considerações finais, buscando refletir sobre os resultados alcançados.

Tendo como recorte territorial a Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV), que possui grande concentração de jovens em relação ao restante do Estado do Espírito Santo, este estudo poderá subsidiar a formulação de políticas sobre os espaços públicos, bem como o planejamento e gestão nos territórios da RMGV onde os jovens se inserem, de modo a potencializar o uso e apropriação por este público.