Boletim da Educação - 2º Trimestre de 2017

Boletim Educacao Entre o segundo trimestre de 2016 e o segundo de 2017, no Espírito Santo, o analfabetismo das crianças entre 7 e 9 anos se manteve estável na casa dos 7,5%. Este número é maior que o da região Sudeste (5,2%) e menor que do Brasil (10,3%). A frequência escolar das crianças e jovens entre 6 e 17 anos segue com relativa estabilidade. Com relação à alocação do tempo dos jovens entre 15 e 29 anos (885.148), no Espírito Santo, 10,7% (94.782) trabalhavam e estudavam; 38,9% (344.700) só trabalhavam; 25,6% (226.452) só estudavam e 24,8% (219.213) não trabalhavam e nem estudavam. Dentre os jovens que não trabalhavam e não estudavam 121.329 (55,3%) não procuravam emprego, o restante dos 97.885 jovens (44,7%) estava à procura de um trabalho.