Dados preliminares de comércio exterior - Junho de 2017

Comercio Exterior Carlos Eugenio Alves As exportações capixabas de junho de 2017 atingiram US$ 676,37 milhões, crescimento de +26,13% frente aos US$ 536,23 milhões registrados em junho do ano anterior. Já em relação ao mês imediatamente anterior, as vendas externas capixabas apresentaram redução de -0,70%. As importações de junho somaram US$ 305,49 milhões, queda de -21,15% frente ao mês anterior (Tabela 1 e 2; e Gráfico 1).

As exportações do país registraram incremento de +18,22% na comparação com junho de 2016, e estabilidade (-0,02%) frente ao mês anterior. As importações, por sua vez, apresentaram queda de -1,38%, frente a junho do ano passado, e crescimento de +3,81% na comparação com o mês antecedente (Tabelas 1 e 2; e Gráfico 2).

No acumulado de janeiro a junho de 2017, comparado ao mesmo período do ano anterior, todos os dados do comércio exterior, tanto brasileiro quanto capixaba, foram positivos. As exportações do país registraram recuperação de +19,35% e as exportações capixabas de +25,76%; as importações brasileiras cresceram +7,35%, enquanto as importações do Estado aumentaram +14,14%. Dessa forma, a corrente de comércio do país cresceu +14,25% e a do Estado +21,49%, no período (Tabela 2).

No acumulado em 12 meses, as exportações capixabas apresentaram redução de -3,81%, e as importações -5,33%. Assim, a corrente de comércio capixaba, que somou US$ 11,3 bilhões no período, sofreu redução de -4,35%, comparado aos 12 meses antecedentes. Conforme demonstra o Gráfico 3, esse é o menor valor da série histórica iniciada em 2008 (Tabela 2 e Gráfico 3).

Já os dados acumulados em 12 meses do país foram de crescimento nas exportações (+8,36%) e de queda nas importações (-2,40%), o que resultou num incremento na corrente de comércio (+3,65%), que, conforme demonstra o Gráfico 4, aponta para recuperação do comércio exterior (Tabela 2 e Gráfico 4).

Resultado preliminar da balanca comercial de Junho 2017