NT 50 - Metodologia do Diagnóstico Territorial

Nota TécnicaO Programa “Ocupação Social”, lançado pelo Governo do Estado do Espírito Santo, tem como objetivo atuar na prevenção aos maiores níveis de exposição à violência, na faixa etária de 10 a 14 anos, e na redução de vulnerabilidades que afetam os jovens na faixa etária de 15 a 24 anos, com foco nos jovens fora da escola e nos 25 bairros com maiores registros de homicídios nos últimos cinco anos (2010-2014), situados em nove municípios capixabas (Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, São Mateus, Linhares, Colatina, Pinheiros e Cachoeiro de Itapemirim).

Assim, o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e a Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional (SECTI), a Secretaria de Estado da Educação (SEDU), a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (FAPES) e o Instituto de Tecnologia, Informação e Comunicação do Espírito Santo (PRODEST), iniciaram o diagnóstico destes bairros, composto por duas pesquisas de campo: o estudo territorial, que gerou um retrato e um panorama dos bairros selecionados e a realização de um censo da população jovem de 10 a 24 anos fora da escola.

Dessa forma, o objetivo desta Nota Técnica é descrever as metodologias utilizadas no diagnóstico territorial e na elaboração do relatório para cada um dos bairros pesquisados.