PIB capixaba registra queda no 1º trimestre de 2016

A interrupção da produção da Samarco em Anchieta, devido ao acidente ambiental na cidade de Mariana (MG), e a queda na produção de petróleo refletiram diretamente na economia capixaba, que apresentou, no primeiro trimestre deste ano, queda da atividade econômica, ficando abaixo da média nacional.

Estudo realizado pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) aponta que a queda da produção estadual foi de -4,2% em relação ao quarto trimestre de 2015, no indicador livre de efeitos sazonais, e de -5,7% no indicador acumulado em quatro trimestres.

Na comparação com o primeiro trimestre de 2015, a retração na economia capixaba foi de -14,1%, resultado do declínio de -36,8% na indústria extrativa, nesta mesma base de comparação. Também contribuíram para o resultado do primeiro trimestre o comércio varejista ampliado (-19,6%), com destaque para o setor de veículos, motocicletas, partes e peças (-37,3%), e o setor de serviços (-6,9%), em particular transportes e auxiliares aos transportes e correios (-25,6%).

Em valores nominais, a estimativa do PIB do estado do Espírito Santo alcançou a cifra de R$ 32 bilhões no primeiro trimestre de 2016 e R$ 138,1 bilhões no acumulado do segundo trimestre de 2015 ao primeiro de 2016 (quatro últimos trimestres).

Para mais informações acesse o documento completo aqui.