Pagina Principal Artigos Economia capixaba cresce mais que o dobro da brasileira em 2011

Economia capixaba cresce mais que o dobro da brasileira em 2011

A economia do Espírito Santo registrou, em 2011, mais que o dobro do crescimento da economia brasileira. Enquanto a média do país naquele ano foi de +2,7%, o desempenho da economia capixaba foi de +6,9%, quando comparado ao ano anterior. O Produto Interno Bruto (PIB) oficial do Estado foi divulgado nesta sexta-feira (22) pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e é calculado em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A soma das riquezas geradas pelo conjunto dos diversos setores da economia do Espírito Santo em 2011 alcançou valor nominal de R$ 97,693 bilhões. O resultado manteve o Estado em 11º lugar em participação no ranking nacional.

 

PIB per capita

O PIB per capita capixaba em 2011 foi de R$ 27.542, o que representa um crescimento real de +5,9%. Já a média brasileira ficou em R$ 21.536, com variação de +1,8%.

O Estado ganhou duas posições no ranking nacional de PIB per capita, saindo de 6º (2010) para 4º colocado, em 2011.

 

Setores

O setor secundário foi o destaque em 2011. A soma das atividades secundárias cresceu 2,5 pontos percentuais (p.p.) em 2011, comparado a 2010, levando o setor para uma representação de 38,5% no Valor Adicionado Bruto (VAB) capixaba em 2011, a maior participação já registrada desde 2002.

Já entre as atividades, a indústria extrativa mineral foi a que apresentou o maior crescimento no período (+23,5%), passando a representar 22,3% no VAB capixaba, em 2011.

Entretanto, a estrutura da economia capixaba se manteve, com o setor terciário tendo a maior participação no VAB (55,2%).

 

Para acessar a íntegra do documento “Produto Interno Bruto (PIB) – Espírito Santo 2011”, acesse o link.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do IJSN
Larissa Linhalis
Tel.: (27) 3636-8066 / 9 9998-9003
comunicacao@ijsn.es.gov.br